Empate (escaldante) de líderes (com vídeo)

O Pavilhão Municipal de Ponte da Barca acolheu, este sábado, o jogo grande da 15.ª jornada. Num encontro de emoções fortes e com desfecho incerto até final, o conjunto de Fontão, 2.º classificado, foi incapaz de suster a pressão final do líder do campeonato. Motivada pelo público da casa, a turma de Ambos-os-Rios suspirou de alívio quando Zézé empatou o jogo a quatro bolas, na conversão de uma grande penalidade que gerou enorme contestação entre os visitantes.

Separados por seis pontos na tabela classificativa, em campo defrontaram-se duas equipas que, desde o início do encontro, procuraram discutir o resultado, proporcionando aos espectadores presentes uma exibição viva e dinâmica, com todos os principais ingredientes de um jogo de favoritos ao título. Numa noite que começou fria, os jogadores de ambas as equipas entraram em campo determinados a provar o porquê de serem os dois primeiros classificados. O Fontão, defesa menos batida da prova, ambicionava aproximar-se da liderança. Consciente da importância da partida, o conjunto de Ambos-os-Rios adoptou uma postura ofensiva, assumindo o controlo das operações.

O primeiro sinal de alerta foi dado pela equipa da casa, com a bola a ser introduzida na baliza adversária. No entanto, os festejos do Ambos-os-Rios foram efémeros, uma vez que o apito já tinha soado a assinalar uma falta visitante antes da bola entrar na baliza de Neca. Num início frenético foi a equipa visitante quem inaugurou o marcador, aos 2’, por intermédio de Luciano. Espevitada pela vantagem madrugadora, a formação de Fontão despertou e, gradualmente, conseguiu impor o seu jogo. Cinco minutos volvidos, novo golo para os limianos, da autoria de Cuco.

Surpreendida pela tremenda eficácia dos comandados de José Luís, a turma de Ambos-os-Rios procurava responder em jogadas rápidas de contra-ataque ao primeiro toque, com Zézé a reduzir a desvantagem a uma bola, aos 15’. Até ao intervalo, a equipa da casa teve maior ascendente, com o guarda-redes adversário Neca a exibir-se a grande nível.

Na segunda parte, o Ambos-os-Rios voltou a entrar melhor, num jogo que dava indicações de querer manter a toada e as incidências do primeiro tempo. Como na primeira parte, o filme repetiu-se e foram os visitantes a marcar primeiro. Bruno, aos 37’, colocou os visitantes a vencer, novamente, por dois golos de vantagem. O Fontão era, nesta fase, a equipa mais esclarecida em campo, até que, aos 45’, os da casa voltaram à discussão do encontro. Zézé, na cobrança de um livre directo frontal à baliza, trouxe uma nova esperança às bancadas, cifrando o 2-3 no marcador.

Balanceado no contra-ataque, o Ambos-os-Rios viria a sofrer nova contrariedade. Zé Domingos fez o 2-4, após um lance de insistência dos limianos. O guarda-redes Taipas, outra das figuras do encontro, foi incapaz de acorrer a um segundo remate, já com a baliza deserta. A pouco mais de cinco minutos do apito final, o líder estabeleceu o empate a 4 golos, resultado que não mais se viria a alterar. Já depois de Renato ter feito o 3-4, Zézé foi chamado a converter uma grande penalidade polémica, sem hipótese de defesa para o guardião João.

PB

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s