Fichas e artigos de jogo – Futsal – 13 Fevereiro

Campeonato Nacional

Nogueirense sem asas para mais

O Nogueirense saiu derrotado da sua deslocação ao terreno do Rio Ave, em jogo da 16ª jornada do Campeonato Nacional da II Divisão de Futsal, zona norte. Os vianenses procuraram jogar com o seu bloco recuado, no entanto, os vilacondenses foram mortíferos na conclusão das suas jogadas de ataque. O resultado final de seis bolas a três atesta bem o que se passou durante os 40 minutos de jogo.

Os pupilos de Godofredo Novo defrontaram uma equipa apenas havia cedido um empate, nos seus encontros como visitado. A tarefa não se antevia fácil e pior ficou com os tentos dos locais. O Nogueirense foi perdendo o respeito pelo seu adversário, procurando importunar com as redes contrárias, nem sempre com o sucesso desejado.

Esta derrota não interfere com as aspirações do Nogueirense que segue na lanterna vermelha da prova. No entanto, os vianenses têm um jogo a menos, diante do Piratas de Creixomil. Em caso de vitória, nessa partida, o conjunto de Nogueira reduz para sete a distância face à linha de água.


Cada vez mais último!

Afundado na classificação. É assim que se encontra o Santa Luzia após a conclusão da 17ª jornada da série do Nacional da III Divisão de Futsal. A turma vianense arrancou uma igualdade a quatro golos, no reduto do Amanhã da Criança. Perante um adversário directo, imponha-se um triunfo. No entanto, a dupla de arbitragem decidiu ser mais um obstáculo para a equipa de Pedro Ferreira.

Bruno e Alex não terminaram a partida, recebendo ordem de expulsão, por acumulação de amarelo. A dupla de arbitragem usou, e abusou, de um critério muito apertado no que a faltas do Santa Luzia diz respeito. Certo, é que diante da equipa frente à qual conquistou a sua única vitória na prova, o conjunto santaluziense não conseguiu repetir a vitória. Para além dos jogadores expulsos, Ricardo e Maciel apontaram os tentos dos vianenses. A linha de água já está a 13 pontos de distância.

JS

Campeonato AFVC – Seniores Masculinos

Eficácia monçanense corrói aspirações do submarino amarelo

O Anha averbou a sua terceira caseira consecutiva, ao perder com o Monção por quatro bolas a uma. O encontro de Monte da Ola, da 17ª jornada, conheceu um conjunto anhense dominador, esbarrando num muro visitante demasiado eficaz. Os guardiões visitantes estiveram em excelente plano.

O Monção tem sido uma das grandes desilusões deste campeonato de futsal da AFVC. Contudo, a formação monçanense detém jogadores com uma vasta experiência na prova, organizando-se bem a defender, sendo letais no contra-ataque. Foi com esses pressupostos, que o Monção se apresentou em Monte da Ola.

Os visitantes marcaram nas duas primeiras vezes que chegaram a baliza de Brito. A turma de Agostinho Silva procurou o golo de todas as formas e feitios. Órfãos de Xona, ausente por lesão, os canarinhos dispuseram de muitas oportunidades. No entanto, apenas Pedrinho descobriu o caminho das redes contrárias.

Antes do intervalo, os forasteiros ainda voltaram a marcar, algo que repetiram no início da etapa complementar. Os donos da casa tudo fizeram para inverter o rumo dos acontecimentos, porém sem qualquer resultado prático.

O triunfo monçanense colocou ambas as equipas a cinco pontos de distância, com o Anha a ocupar o sétimo lugar, com 27 pontos, enquanto o Monção segue dois lugares abaixo. O submarino amarelo continua a afundar-se na classificação, não vencendo em casa desde finais de Novembro.

JS

Ponte da Barca vence na maratona de golos cerveirense

O Ponte da Barca está a atravessar a sua melhor fase da temporada. No Municipal de Cerveira, o emblema da Barca conquistou a sua quarta vitória consecutiva neste campeonato de futsal da AFVC. Todavia, o triunfo no reduto do Cerveira Futsal foi tudo menos rosas, com o Ponte da Barca a vencer apenas pela margem mínima (6-5).

Esta partida da 17ª jornada foi uma excelente propaganda para a modalidade. Intenso, bem disputado e com muitos golos, para todos os gostos. Os visitantes estavam proibidos de perder pontos, sob pena de se atrasarem na corrida pela medalha de bronze. Judeu e Capa comandaram a nau forasteira até a uma vitória bastante suada.

Até esta ronda, apenas o Cais Novo havia deixado Cerveira com os três pontos no bolso. Os jogadores da casa entraram em campo com vontade de manter esse estado de contas. O jovem João, autor de um hat-trick, foi dos que mais lutou para que a turma laranja garantisse, no mínimo, um ponto.

Face ao empate dos Amigos de Sá, o Ponte da Barca pode agora respirar melhor, dispondo de cinco pontos de vantagem para o quarto classificado. Um pouco mais abaixo, na tabela, encontra-se o Cerveira estacionado no nono lugar, a três pontos do comboio que segue na luta pelo quinto posto.

JS

Comandante nem precisava de se mascarar de Golias

O líder do Campeonato de futsal da AFVC passeou a sua classe em Monte da Ola. A turma de Marino Sendão goleou o Alvarães por dez bolas a uma, na 17ª jornada. Recorde-se que esta foi a segunda vez que os encarnados chegaram à barreira da dezena de tentos. A turma de Joel Gonçalves lutou por um resultado mais nivelado, mas pouco ou nada pôde fazer.

Ao intervalo, a diferença no marcado cifrava-se em seis golos. O comandante do campeonato entrou com todo o respeito pelo Alvarães e, rapidamente, alcançou uma almofada de tranquilidade no placar. Após o intervalo, os visitantes retiraram o pé do acelerador, rodando o plantel. Os locais subiram de produção e chegaram ao golo de honra, inteiramente justo.

Na classificação, tudo ficou como estava à entrada desta ronda. O Ambos os Rios continua líder, agora com mais cinco pontos que o Fontão, que acertou o seu calendário, enquanto o Alvarães não larga o penúltimo lugar.

Só amor para com os guarda-redes em Ponte da Barca

A 17ª jornada do campeonato de futsal da AFVC coincidiu com um fim-de-semana, onde o amor esteve no ar. No Municipal da Barca, os jogadores de Cidadelhe e Amigos de Sá demonstraram um apego enorme aos guardiões contrários. Como resultado, no final, registou-se uma igualdade a zero que premeia a organização defensiva de ambos os conjuntos.

É cada vez mais raro encontrar uma ronda em que se encontrem várias equipas que não façam qualquer golo. Mais difícil, ainda, é recordarmo-nos de um encontro que termine como começou. Nas últimas três temporadas, o jogo de sábado é o primeiro a acabar sem golos. Em tarde desinspirada, Cidadelhe e Amigos de Sá nunca se conseguiram superiorizar a Flávio e Ricardo, que estiveram em especial destaque.

Este empate comprometeu as pretensões arcoenses em chegar ao lugar mais baixo do pódio. Com menos cinco pontos que o Ponte da Barca, os Amigos de Sá terão de começar a preocupar-se com o Cais Novo que já têm os mesmo 29 pontos que o conjunto de Filipe Pereira. Por seu lado, a equipa de Constantino Azevedo atrasou-se na luta pelo quinto lugar, estando a quatro pontos do seu adversário desta ronda.

JS

Neiva virou Cabo das Tormentas para o Fontão

A equipa de José Luís voltou a não conseguir vencer o Neiva, em partida da 17ª jornada do Campeonato de Futsal da AFVC. O derby limiano terminou com uma igualdade a três golos, à semelhança do que aconteceu na primeira volta, onde registou um empate a dois golos. Em Fontão, a equipa local só conseguiu garantir a partilha de pontos nos instantes finais.

Com ampla necessidade de vencer, a turma fontanense tomou conta das rédeas do jogo, desde o apito inicial. Em contra-ataque, o Neiva testou a atenção de Neca, sem sucesso. À terceira, o ataque de Sandiães voltou a claudicar, no entanto, Filipe acabou por desviar para o fundo das próprias redes. E foi a vencer que os visitantes regressaram às cabines.

Os fontanenses pareceram reentrar no trilho da vitória quando Cuco e Bruno deram a volta ao marcador. Derby que é derby tem os seus casos e o caso da partida aconteceu pouco depois, com Quintas a rematar contra o braço de Zé Domingos, a menos de um metro de distância. O árbitro José Morgado concedeu grande penalidade que o próprio Quintas converteu em golo. A partir daí, entrou em cena Bicho que assustou todos os contrários, concedendo nova liderança no marcador aos forasteiros.

Na recta final do encontro, Cuco teve nos pés o empate, desperdiçando um livre dos dez metros. Instantes depois, Bruno esteve na mesma carreira de tiro do seu companheiro, não falhando a hipótese de garantir um ponto para o Fontão.

JS

Máquina oleada… vence a triplicar!

O mês de Fevereiro tem sido muito proveitoso para o Cais Novo que vai já na terceira vitória seguida no campeonato de futsal da AFVC. Na 17ª jornada, a turma de Paulo Morais foi ao Municipal da Barca vencer o Paço Lima, pela margem mínima (2-1). Um triunfo muito complicado, garantido perto do fim da partida.

Ambas as formações entraram em campo com uma postura, iminentemente, de expectativa. A etapa inicial decorreu sem grandes oportunidades, dado que a excessiva preocupação em não errar dos dois conjuntos. O emblema de Darque acabou por ser feliz, chegando ao golo que lhe valeu a vantagem ao intervalo.

O medo de sofrer a quarta derrota consecutiva, impeliu os comandados de Dionísio Abreu na procura do tento do empate. Após algumas tentativas frustradas, o inconformado Morais apontou o golo dos locais. O Cais Novo não acusou o toque e voltar a marcar, em seguida, assegurando mais três preciosos pontos.

Este ciclo positivo vale ao Cais Novo a recolagem aos Amigos de Sá, no quarto lugar, com 29 pontos. O conjunto verde e branco capitalizou da melhor forma os empates de Amigos de Sá, Cidadelhe e Neiva e ainda a derrota do Anha. Sem sair do sítio, continua o Paço Lima que segue no 12º posto.

JS

Já não equipas sem vitórias!

Provavelmente, esta seja a nota de maior destaque da 17ª jornada do Campeonato de Futsal da AFVC. A Zona Fut estreou-se a vencer, na recepção ao Caminha. O triunfo valenciano é ensombrado pelas queixas à arbitragem, por parte dos visitantes, no entanto, a vitória acaba por se ajustar ao que a Zona Fut tem produzido nas últimas jornadas.

Já no encontro dos Arcos de Valdevez, a Zona Fut esteve perto de provocar uma enorme surpresa. Na ocasião, um golo dos locais, sobre o minuto final da partida, valeu a derrota à turma valenciana. Agora, a jogar no Municipal de Valença, a Zona Fut soube explanar as fragilidades do seu adversário, sendo eficaz nas suas acções ofensivas.

Refira-se que, devido a lesões e castigos, a formação do Caminha têm-se visto privado do contributo de vários atletas, apresentando um menor leque de opções. E, nesta ronda, voltou a perder mais um elemento para batalhas futuras, por expulsão.

Após este triunfo, os dois últimos ficam separados por somente um ponto, no entanto, com a lanterna vermelha a estar na posse da Zona Fut. Por seu lado, o Caminha comando o mini pelotão que segue na cauda classificação.

JS

Campeonato AFVC – Seniores Femininos

A magia de só saber vencer está na arte de transformar o difícil em fácil

O Castanheira continua navegar em maré vitoriosas e nem a deslocação ao reduto do ARA mudou essa situação. O líder do campeonato feminino de futsal da AFVC venceu por quatro bolas a zero. Esta partida da oitava jornada ficou decidida ao intervalo, quando os visitantes tinham uma vantagem de três golos.

A formação do ARA costuma criar bastantes problemas às equipas da parte alta da tabela. Assim sendo, o Castanheira entrou no Municipal de Caminha decidido a resolver depressa a questão. Os golos de Vânia e Sara fizeram descansar as comandantes da prova, tornando bem mais acessível um encontro que se antevia complicado. Na etapa complementar, as visitantes limitaram-se a controlar as investidas das locais, sem forçar muito a nota. Aida estabeleceu o resultado final a meio da segunda parte.

A turma de Luís Nogueira e Ricardo Marinho continuam no primeiro posto, com 21 pontos em sete jogos realizado, dispondo de seis pontos de vantagem para o Soutelense, que tem ainda menos um jogo. Esta derrota valeu a descida ao quinto lugar ao ARA, por troca com o Lanheses.

JS

Santa Luzia conquista Arcos de Valdevez

A formação de Viana do Castelo não desarma na perseguição ao duo da frente. No Municipal dos Arcos de Valdevez, a turma auri-negra triunfou por oito bolas a três, perante uma ARCAS que não conseguiu oferecer maior réplica. Bedinha e Ju dividiram o protagonismo, ao apontarem dois golos cada uma.

O Santa Luzia confirmou o seu favoritismo para esta partida oitava jornada do campeonato feminino de futsal da AFVC. Com uma entrada forte, as visitantes mostraram que queriam regressar a Monserrate com os três pontos nas mãos. A ARCAS procurou responder, no entanto, foi uma presa fácil para o apetite voraz do Golias amarelo e negro. Nataly foi a jogadora da casa que demonstrou maior inconformismo, assinando dois tentos das arcoenses.

Com esta vitória, o Santa Luzia cola-se ao Soutelense, no segundo lugar, com os mesmos 15 pontos, todavia, com mais dois jogos realizados que as campeãs. Na outra extremidade da classificação, encontra-se a ARCAS na sexta posição, com apenas quatro pontos.

JS

Lanheses regressa aos triunfos

Depois de três partidas, onde apenas conheceu o travo amargo da derrota, a formação do Lanheses voltou a vencer. No Municipal de Valença, a equipa amarela e azul conquistou a sua segunda vitória no campeonato feminino de futsal da AFVC, ao bater a Zona Fut por cinco bolas a três.

Numa partida bem interessante e equilibrada, o Lanheses acabou por sair vitorioso de Valença, devido à sua maior experiência. As visitantes foram mais eficazes, numa partida aberta, com as oportunidades de golo a surgiram em ambas as balizas. Mariana e Patrícia foram as principais responsáveis deste triunfo ao bisaram neste jogo da oitava jornada.

O Lanheses conseguiu dar um pequeno salto, até ao quarto lugar, por troca com o ARA. Por seu lado, a Zona Fut mantém-se na lanterna vermelha da prova, ainda sem qualquer ponto. No entanto, destaque para o facto de o conjunto valenciano ter apontando três golos neste encontro, dado que na primeira volta só havia marcado um só tento.

JS

Campeonato AFVC – Juniores Masculinos

Regressa a normalidade com o final da primeira volta

Na viragem do campeonato de futsal de juniores da AFVC, o Nogueirense reassumiu a liderança da prova. Para que isso acontecesse, o emblema de Nogueira bateu o Anha, por oito bolas a uma. No entanto, os pupilos de Rui Paulo não poderão ficar muito descansando, dado que o Ambos os Rios venceu o derby da Barca, está próximo da liderança.

Em Santa Marta, o Nogueirense impôs o seu futsal desde o minuto inicial. Com uma melhor gestão da posse da bola, a turma da casa controlou o encontro de princípio a fim. O conjunto canarinho continua longe daquilo a que nos habituou, ao longo da temporada passada. Com este triunfo, o Nogueirense relega o Alvarães para o segundo lugar, ocupando o topo da classificação, com dez pontos.

No Municipal da Barca, o Ambos os Rios triunfou por sete bolas a uma, diante do Paço Lima. A formação de Dionísio Abreu entrou com vontade de criar problemas aos encarnados. Contudo, o Ambos os Rios não deu qualquer hipóteses, somando a sua segunda vitória, solidificando o terceiro posto, com sete pontos, a dois de Alvarães e a três do Nogueirense.

JS


Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s