Fichas e artigos de jogo – Futsal – 14 Março

Campeonato Nacional

Emoções fortes, arbitragem duvidosa e Nogueirense perto da descida

Eis o melhor resumo do encontro entre Nogueirense e Juvenorte, da 19ª jornada do campeonato nacional da II divisão. A consequência evidente foi a igualdade (6-6) diante de um adversário directo, jogando intra-muros. Apesar dos constantes erros de arbitragem, o Nogueirense teve a partida na mão. Ao intervalo, vencia por 4-2, tendo desperdiçado, a sete segundos do fim, um livre dos dez metros.

O Nogueirense entrou em campo com a certeza de que este era um encontro vital na luta pela permanência. Os vianenses entraram bem com Canedo, Agra e Gomes a colocarem os locais na frente do marcador, ao intervalo. O nervosismo e ansiedade começaram por ser os primeiros grandes adversários do Nogueirense, tendo continuidade na dupla de arbitragem que foi empurrando ambos os conjuntos para a quinta falta.

Os visitantes lograram a alcançar a igualdade a quatro golos. A partir daí foi golo cá, golo lá, com os jogadores de Viana do Castelo a terem perdido o norte. Os forasteiros estabeleceram o empate final a 20 segundos do fim. Contudo, no derradeiro suspiro do encontro, foi Agra quem viu a sorte roubar a vitória vianense. Com este empate, o Nogueirense fica mais longe mais da manutenção, estando agora a nove pontos da salvação.

Na III divisão, o Santa Luzia afunda-se cada vez mais na lanterna vermelha da série A. Em jogo da 20ª jornada, em Paredes, os vianenses perderam (4-5) com a União local. Perante um adversário directo, os auri-negros fizeram um bom jogo, contudo a sorte não acompanhou o emblema de Pedro Ferreira. A seis jornadas do fim, o Santa Luzia vê o seu balão de oxigénio quase terminado, já que está a 14 pontos da salvação.

JS

Campeonato AFVC – Seniores Masculinos

Neiva passa incólume por Caminha

A equipa de Filipe vai confirmando o seu crescendo de forma neste campeonato de futsal da AFVC. No Municipal de Caminha, o emblema de Sandiães despachou o ARA, vencendo por sete golos sem resposta. Depois de um surpreende empate no reduto do Alvarães, o Neiva voltou a dar uma prova cabal do seu real valor.

O jogo de Caminha voltou a não ter muita história para contar. Os visitantes foram sempre mais equipa, dispondo das melhores situações para marcar. Os donos da casa foram apostando em adormecer o ritmo do jogo, mesmo assim, raramente o conseguiram fazer, dado que o Neiva teve quase sempre a bola em seu poder.

Filipe e Quintas voltaram a ser os grandes obreiros de mais um triunfo do conjunto de Sandiães, apontando dois golos cada um. A formação caminhense revelou-se uma presa fácil, raramente incomodando as redes de Ricardo. O ARA confirmou que não está a realizar uma boa temporada, averbando a sua oitava derrota em onze jogos caseiros.

Na classificação, o Neiva aproximou-se de Ponte da Barca e Cais Novo, estando a somente a um ponto deste duo, reentrando assim na luta pelo terceiro posto. Pior está o conjunto de Caminha que foi ultrapassado pelo vizinho Caminha, caindo para o 13º lugar.

JS

Fontão de duas caras vence Zona Fut

O Fontão não ganhou para o susto diante da Zona Fut. A equipa de José Luís venceu o lanterna vermelha (8-3), mas os jogadores limianos não realizaram uma boa primeira parte. Este jogo foi invertido a pedido da Zona Fut e, por isso, contrariamente ao que estava estipulado no papel, o Fontão jogou em casa do seu opositor. Esta foi a tarde de Bruno que apontou um póker, chegando assim à marca dos 20 golos no campeonato. Nota negativa para as condições do piso do Municipal de Valença, demasiado escorregadio o que incrementa o risco de lesões.

À partida, pensava-se que este seria um jogo sem história. O favoritismo estava todo do lado do Fontão e as fragilidades do emblema valenciano contribuíram para algum relaxamento limiano durante a primeira parte. Ao intervalo, José Luís puxou as orelhas aos seus jogadores que lideravam o marcador pela margem mínima (2-1).

A Zona Fut aproveitou um reinício mais morno para dar ares de surpresa ao resultado, empatando a dois golos. Sem perder o norte, o Fontão partiu então para a construção de um resultado condizente com a valia das equipas. As jogadas ensaiadas da equipa de Ponte de Lima foram causando estragos naturais na defesa da Zona Fut.

Com o Ambos os Rios de folga, nesta ronda, o Fontão voltou a encurtar a distância para o comando da prova. A diferença entre os dois primeiros cifra-se, para já, em cinco pontos, sendo que ambos os clubes somam o mesmo número de partidas, dezanove. Por seu lado, a Zona Fut segue mais só na lanterna vermelha da competição, após a vitória do Alvarães.

Canarinhos voam bem alto sobre Cais Novo

O Anha venceu o derby de Monte da Ola perante o Cais Novo (4-1), na 21ª jornada do campeonato de futsal da AFVC. A formação de Paulo Morais perdeu o seu segundo jogo, nos seis que a segunda volta da competição já conheceu. O conjunto verde e branco teve maior controlo do encontro, no entanto, foram do Anha as melhores oportunidades para marcar. Com este resultado, a equipa de Agostinho Silva poderá reentrar na luta pelo terceiro lugar.

Desde os primeiros suspiros da partida se percebeu como se iria desenrolar o encontro. O Anha recuou as suas linhas no terreno, oferecendo a posse de bola ao seu adversário que a foi gerindo de forma eficaz. Cedo, os canarinhos se colocaram a vencer, fruto de um golo de Manel. A vantagem amarela subiu de tom com um golo de Hugo. Com o conjunto darquense encostado às cordas, Manel foi o rei do desperdício, podendo colocar o placar noutros parâmetros.

Para o segundo tempo, o Cais Novo passou a acercar-se da baliza de Morato com maior perigo. Contudo, no Anha regressaram à competição jogadores importantes como Xona e Ricardo. O primeiro, o mágico de serviço fez estragos, apontando o terceiro golos dos locais, enquanto o segundo, o capitão, deu a estabilidade que os colegas vinham precisando. O jogo não fechou sem que Manel bisasse no encontro. Os visitantes tanto procuraram que acabaram por reduzir perto do fim. Após o seu tento de honra, o Cais Novo apostou no 5×4, sem efeitos práticos.

O Cais Novo não soube tirar partido da derrota do Ponte da Barca, mantendo-se ambos os emblemas empatados com 35 pontos. No entanto, o conjunto de Darque tem mais uma partida realizada, perdendo no confronto directo. O Neiva está só a um ponto deste duo, enquanto o triunfo valeu ao Anha um pulo para o sétimo posto, com 32 pontos.

Alvarães abate Ponte da Barca perdulário

O resultado do encontro entre Alvarães e Ponte da Barca pode chocar quem não esteve em Monte da Ola a assistir ao jogo. O certo é que neste jogo da 21ª jornada do campeonato de futsal da AFVC, a equipa da Barca desperdiçou inúmeras ocasiões de golo, perdendo o encontro (4-3), só se podendo queixar de si próprio por este desaire. O Alvarães foi sempre uma equipa igual a si própria, nunca se desuniu.

O Ponte da Barca deu um enorme passo para trás na luta pelo terceiro lugar. Tudo correu de feição aos forasteiros até ao momento em que a equipa de Alvarães igualou a três golos. Os visitantes lideraram o marcador durante a maior parte do encontro, tendo criado oportunidades para todos os gostos e feitios. No entanto, os homens da Barca mostraram estar em tarde de enorme desacerto, falhando inclusive lances onde a baliza contrária estava escancarada.

No sprint final da partida, os locais voltaram a mostrar maior pulmão e coragem. Tal como na recepção ao Neiva, onde arrancaram uma igualdade, os jogadores de Joel Gonçalves foram eficazes, aproveitando da melhor forma os poucos erros defensivos contrários. Um castigo pesado, mas merecido, para um Ponte da Barca que poderia e deveria ter vencido o encontro.

O emblema da Barca marcou passo na corrida ao terceiro lugar, que ainda mantém, dado que o Cais Novo também perdeu nesta ronda. Apesar de ter mais um jogo realizado, o Neiva ameaça os postos cimeiros, estando a um ponto deste duo. Por seu lado, o Alvarães cavou um fosso para a Zona Fut, de cinco pontos, conquistando a sua segunda vitória na prova, após o triunfo diante do ARA. No entanto, não consegue fugir do penúltimo lugar da tabela.

JS

Começar a derreter e terminar derretido

O Atlético de Caminha surpreendeu os amantes do futsal ao sair do Municipal da Barca com os três pontos no bolso, na 21ª jornada do campeonato da AFVC. O emblema caminhense não entrou bem na partida. No entanto, os visitantes aproveitaram o momento de intranquilidade que o Cidadelhe atravessa para triunfarem pela margem mínima (7-6).

A equipa de Constantino Azevedo entrou de forma demolidora no encontro, adquirindo uma vantagem confortável no marcador. Depois de dois jogos consecutivos sem vencer, mesmo jogando no Municipal da Barca, os locais acabaram por se deslumbrar à sombra da diferença do placar. Pé ante pé, os visitantes foram encurtando distâncias até alcançarem a igualdade.

O encontro tornou-se muito vivo e emotivo, com as situações de perigo a rondarem as duas balizas. A sorte acabou por proteger os forasteiros que assim conseguiram alcançar a primeira vitória em Ponte da Barca, após terem saído goleados nas visitas a Ponte da Barca, Ambos os Rios e Paço Lima.

Este resultado significou um passo atrás do Cidadelhe na luta pelos lugares cimeiros, quedando-se no oitavo posto, a três pontos do Anha, dispondo de somente mais três pontos que o Paço Lima. Com este triunfo, o Caminha voltou a ultrapassar o seu rival local na classificação, tendo agora mais dois pontos que o ARA, estando na 12ª posição.

JS

Vitória imprópria para cardíacos

Um grande jogo de futsal. É esta uma das melhores formas de resumir o encontro entre Paço Lima e Cerveira, da 21ª jornada do campeonato de futsal da AFVC. A equipa do Lavradas venceu (6-5), mas teve de suar muito para somar mais três pontos. A esquadra laranja voltou a evidenciar um bom futsal, cometendo alguns erros defensivos que ditaram o mau resultado.

Após um arranque menos conseguido na segunda volta do campeonato, a equipa de Dionísio Abreu parece de volta à sua melhor forma, conquistando a sua quarta vitória consecutiva diante do Cerveira Futsal. A turma de Ponte da Barca subiu dois lugares na classificação, deixando para trás o seu adversário desta ronda e ainda o Monção. Esta foi uma partida onde os pupilos de Dionísio trabalharam muito, controlando o rumo dos acontecimentos.

Do outro lado, esteve uma equipa à altura do desafio, nunca se entregou perante um adversário que esteve por diversas vezes na frente do marcador. Após duas vitórias seguidas, a equipa de Sara Almeida voltou a tropeçar, caindo para o 11º lugar.

JS

Muralha monçanense imune aos tiros arcoenses

A equipa dos Amigos de Sá continua na mó de baixo. Em Monção, na 21ª jornada do campeonato de futsal da AFVC, o emblema dos Arcos de Valdevez voltou a escorregar perdendo perante a equipa que de Abraão Passos (1-4), que voltou a ter nos guarda-redes os seus melhores elementos. O Monção ultrapassou o Cerveira na mesma tabela que o Neiva obrigou à queda dos Amigos de Sá para o sexto lugar.

A equipa de Felipe Pereira atravessa o pior momento da temporada, tendo averbado três derrotas consecutivas. Em Monção, nem a boa exibição dos Amigos de Sá consegue apagar o mau resultado. O Monção voltou a fazer das suas, marcando praticamente na única vez que se acercou da baliza de Ricardo, chegando ao intervalo a vencer.

A eficácia monçanense é um dos seus atributos e, logo no reinício, a equipa da casa dobrou a vantagem. Sem conseguir furar a muralha contrária, o técnico visitante apostou tudo no 5×4. O melhor que obteve foi encurtar distância. Até final, os donos da casa voltaram a marcar em mais duas ocasiões.

O Monção alcançou apenas a sua terceira vitória, em nove jogos caseiros realizados, ascendendo ao décimo lugar, com 26 pontos, em igualdade com o Paço Lima. Em queda estão os Amigos de Sá se ficam pelo sexto lugar, não tirando proveito das derrotas de Ponte da Barca e Cais Novo. Os arcoenses somam 32 pontos e só a vantagem no confronto directo evitou que o Anha lhe roubasse mais um lugar.

JS

Campeonato AFVC – Seniores Femininos

ARCAS impõe-se na sua casa

A formação dos Arcos de Valdevez derrotou o ARA (4-3), na 12ª jornada do campeonato de futsal feminino de futsal da AFVC, vingando-se assim do desaire da primeira volta. A ARCAS tirou dividendos ao vencer um encontro que foi muito equilibrado, já que está a morder os calcanhares às suas adversárias desta ronda, na classificação.

Um bom jogo de futsal foi aquele a que se assistiu no Municipal dos Arcos de Valdevez, com duas equipas de olhos postos nas balizas contrárias, procurando marcar muitos golos. O triunfo acabou por sorrir à ARCAS, dada a maior eficácia das locais. As duas equipas foram-se equivalendo em quase todos os aspectos do jogo.

Com mais um jogo realizado, a ARCAS soma os mesmos 11 pontos que o ARA. A formação caminhense tem vantagem no confronto directo, falhando ainda o assalto ao quatro lugar, e não tirando partido do empate do Lanheses, em Monserrate.

JS

Campeão cumpre o seu papel e ainda sobrevive na luta

O Soutelense venceu (3-0) na recepção ao último classificado do campeonato feminino de futsal da AFVC, na 12ª jornada da prova. Em Vila Praia de Âncora, as ainda campeãs distritais accionaram os serviços mínimos para levar de vencida a Zona Fut. Cabral, Filipa e Bicha deram a expressão ao domínio da formação da casa perante um adversário frágil, mas que nunca se entregou em toda a partida.

Como consequência directa, a vitória do Soutelense adiou, pelo menos por uma semana, a festa do título do Castanheira. São quatro os pontos que separam as duas equipas da frente. Quanto ao jogo, o Soutelense foi sempre a melhor equipa sobre o terreno, impondo o seu futsal. As visitantes procuraram responder, tapando os acessos para a sua baliza.

Curiosamente, neste momento, o Soutelense apresenta melhor saldo de golos que o Castanheira, tendo marcado mais golos e sofrido menos que o líder da prova. A prova está ao rubro, contudo, após folgar nesta ronda, é o emblema de Paredes de Coura que está na pole position na corrida pelo título.

JS

Lanheses silenciou Monserrate

O Santa Luzia não foi além de uma igualdade na recepção ao Lanheses (4-4). Em Monserrate, a turma auri-negra claudicou num encontro em que era claramente favorita, perante uma equipa que realizou uma das melhores exibições da época. Desta forma, o Santa Luzia fica arredado da luta pelo segundo posto. Para se perceber a dimensão deste resultado, na primeira volta, a equipa de Miguel Passos cilindrou o Lanheses (16-0), no seu reduto.

As coordenadas deste encontro do campeonato feminino de futsal da AFVC foram bem diferentes. O Santa Luzia acusou alguma falta de motivação, aproveitando a ocasião para rodar o seu plantel. Por seu lado, o Lanheses cerrou os punhos e partiu em busca de um resultado positivo. Com esta igualdade, o Lanheses conseguiu fugir um ponto mais ao ARA, na discussão do quarto lugar.

JS

Campeonato AFVC – Juniores Masculinos

Está de volta o velho e incontestado campeão júnior

Em Monte da Ola, o Nogueirense sentenciou praticamente a questão da atribuição do título no campeonato de futsal de juniores da AFVC. A equipa de Rui Paulo esmagou o Alvarães (9-2), grande rival na corrida ao ceptro distrital. Sem deslumbrar, o emblema de Nogueira impôs-se de forma categórica, estando a um ponto de garantir o nono título consecutivo.

O primeiro tempo foi o período mais equilibrado do encontro. Galvanizado com a possibilidade de marcar uma posição forte nesta competição, o Alvarães perdeu o respeito pelo seu opositor. Contudo, após a igualdade a um golo, as individualidades do Nogueirense trataram de criar uma vantagem no marcador, que ao intervalo se cifrava em 1-4.

A etapa complementar foi um passeio para os visitantes. Sempre no controlo das operações do encontro, o Nogueirense foi marcando os seus golos a compasso, no entanto, sem demonstrar as garantias de qualidade necessárias a assegurar uma boa presença na Taça Nacional. Os donos do terreno foram extremamente dignos, nunca baixando os braços.

O conjunto de Nogueira poderá festejar o título em Santa Marta, na recepção ao Ambos os Rios, bastando não perder para poder festejar a conquista de mais um campeonato. Recorde-se que os encarnados, venceram o Anha (6-3), assegurando desde já o terceiro lugar no campeonato.

JS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s