Hugo ofereceu uma valente dor de Costa(s) à Juventude

O Óquei de Barcelos surpreendeu todos os presentes no Municipal de Monserrate, ao vergar o segundo classificado, por 4-7. A equipa de José Querido entrou mal no jogo, mesmo assim conseguiu alcançar um empate que Jorge Maceda tratou de desfazer. Em tempos avançado do Viana, Maceda viveu uma noite de gala a par de Hugo Costa. Apesar deste tropeção, a nau laranja mantém-se segura no segundo posto, mercê das derrotas dos mais directos concorrentes.

Bem cedo, os protagonistas da noite começaram a desenhar aquela que seria uma noite de pesadelo para os donos da casa. Maceda e Costa construíram uma vantagem, com a qual o conjunto de Barcelos atingiu o intervalo. A Juventude enervou-se, não sabendo lidar com um opositor atrevido e eficaz.

O início do segundo tempo trouxe uma laranja mecânica bem oleada, alcançando a igualdade em três minutos, com golos de Paulo Almeida e Gonçalo Suissas. O público de Monserrate rejubilou e a turma da casa deu mostras de poder dar a volta ao texto. Contudo, a tinta que vigorou, na escrita desse texto, proveio dos sticks dos donos da noite. Em menos de 180 segundos, os visitantes marcaram em quatro ocasiões, com direito ainda a um golo de Daniel Coelho.

A esperança laranja quase renasceu à entrada da derradeira dezena de minutos, com novo golo de Suissas. Quase, porque na jogada seguinte, Jorge Maceda imitou o adversário, completando um hat-trick, sentenciando o encontro. Derby que se preze tem de contar com ambientes quentes, e este não fugiu à regra. Até final, Luís Filipe ainda reduziu as dores de uma derrota inesperada.

A Juventude de Viana susteve a vice liderança, por apenas dois pontos, mas bem pode agradecer o contributo dado pelo HC Braga, Portosantense e Física de Torres Vedras. O FC Porto acabou por ser o grande beneficiado, estando a um ponto da conquista de mais um título.

Pacenses partem os móveis em Monserrate

A Juventude Pacense causou enorme sensação ao levar de vencida a EDV (2-5), na sétima jornada do campeonato nacional de iniciados. A derrota teve consequências directas como a queda dos auri-negros para o terceiro lugar, e a recolagem da formação da capital do móvel na luta por uma vaga na fase final da competição. O Óquei de Barcelos pulou para o segundo lugar, enquanto o FC Porto quase garantiu o primeiro lugar, neste grupo A.

Nos nacionais de infantis, a sorte bateu à porta dos vianenses. A equipa da EDV recebeu e bateu o CD Póvoa pela margem mínima (2-1). Os jovens amarelos e negros conquistaram a sua primeira vitória com todo o mérito, depois de controlarem boa parte da partida.

Goleada em voo picado para a liderança

A Juventude de Viana deu uma prova cabal do seu valor na Taça do Minho/Aveiro. Os pupilos de Luís Viana venceram o Famalicense (10-5) em terreno alheio, na sétima jornada da prova. Os vianenses chegaram ao topo da classificação, com 15 pontos, embora os seus mais directos perseguidores ainda não tenham jogado.

A jogar em casa, a turma de Famalicão apostou na juventude para surpreender o conjunto de Viana do Castelo. Contudo, a laranja mecânica mostrou-se bem organizada e com capacidade para triturar o seu adversário. Após duas derrotas, nas três jornadas inaugurais, este triunfo foi o quarto consecutivo.

JS

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s