Sérgio Ribeiro vence etapa, Chuzhda continua de “amarelo”

Sérgio Ribeiro, ciclista da Barbot Siper, venceu a 2.ª etapa ao "sprint"

A segunda etapa da Volta a Portugal apresentou-se como a mais pequena em quilómetros, mas a primeira graúda na montanha. Desde cedo começaram as tentativas para fugir ao pelotão, mas apenas Vladimir Isaichev, (Xacobeo Galicia), Vitaliy Kondrut (ISD-Neri) e Yohann Gene (Bbox Bouygues Telecom) pedalaram para a frente da corrida, alcançando uma distância de quase cinco minutos. Numa etapa repleta em fugas, um por um, vários atletas atacaram, sempre com a equipa Caja Rural à espreita na cabeça do pelotão.

A pedalada no Monte da Nossa Senhora da Assunção, em Santo Tirso, colocou por momentos um novo trio na frente. Gustavo Rodriguez (Xacobeo Galicia), Sérgio Sousa (Madeinox Boavista) e Marco Marzano (Lampre) tentaram em vão uma chegada isolada à meta. As equipas uniram-se para anular a fuga e a chegada acabou mesmo por ser em grupo.

Após quatro horas de corrida, o sprint final de Sérgio Ribeiro, da Barbot Siper, representou a primeira vitória da equipa de Gaia na prova. A informação de que o camisola amarela, Oleg Chuzhda (Caja Rural), estava em grandes dificuldades na cauda do pelotão esperançou os restantes ciclistas para a conquista de um novo vencedor. Poucos segundos depois, Cândido Barbosa e David Blanco, ambos da Palmeiras Resort Tavira, atravessaram a meta com o objectivo de conquistar a camisola amarela.

Santo Tirso, a terra de São Bento, trouxe bons ventos ao corredor da Caja Rural que manteve o primeiro lugar na Geral Individual. A apenas três e cinco segundos estão Cândido Barbosa e David Blanco, respectivamente.

O destaque do dia vai para Rui Sousa, da Barbot Siper, que foi o oitavo a cruzar a meta, conquistando o 13º lugar na classificação Geral. César Fonte, que integra a mesma equipa, está em 30º lugar, a um 1 minuto e 23 segundos de Oleg Chuzhda. Fábio Palma (Selecção Nacional), natural de Vila Nova de Anha, encontra-se na 71ª posição, a 4 minutos e 16 segundos do camisola amarela.

Na 3ª Etapa da Volta a Portugal, os ciclistas vão pedalar 173,7 quilómetros para cruzar a meta na Senhora do Minho. Após várias décadas, Viana do Castelo volta aplaudir a chegada dos corredores nacionais e internacionais da 72ª Edição da Volta a Portugal.

Fabíola Maciel

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s