Santa Luzia “aprovado” no primeiro teste da época

A pouco mais de um mês para o aguardado início da principal competição oficial da temporada de 2010/11, com o pontapé de saída do campeonato distrital de Futsal agendado para o dia 2 de Outubro, as formações do Santa Luzia e do Anha defrontaram-se e mediram forças na passada sexta-feira, numa partida de carácter particular que foi caracterizada por ambos os treinadores como “mais um treino, um dia de trabalho normal”.

Disputada no Pavilhão Municipal de Monserrate, o conjunto do Santa Luzia, a jogar em casa, apresentou-se com um maior domínio sobre a iniciativa do encontro e o controlo e posse de bola, muito por “culpa” do adversário que, excepção feita aos rasgos individuais dos seus atletas e ao aproveitamento de perdas de bola contrárias, consentiu e soube adaptar-se à maior pressão dos visitados. Concentrado no meio-campo ofensivo, o Santa Luzia, apostado nas constantes trocas de bola entre os seus jogadores, denotou dificuldades em penetrar a defesa adversária, com a bola a perder-se invariavelmente pela linha de fundo. Ainda assim, o primeiro lance de real perigo pertenceu aos visitados, com Ribeiro a enviar a bola à trave.

A primeira grande incidência da partida pertenceu ao Anha. Na conversão de uma grande penalidade, a castigar um derrube do guardião santa-luziense sobre Pedro, a equipa visitante viu a bola embater com estrondo no travessão da baliza. No entanto, três minutos volvidos, o Anha viria mesmo a alcançar a vantagem no marcador por intermédio de Pedro que, em posição frontal, não desperdiçou a “oferta”.

Com o final do primeiro tempo a aproximar-se, Bruno repôs a igualdade a uma bola. Tirando proveito de uma simples mas eficaz simulação de corpo, o atleta fez passar o esférico sobre o guarda-redes. Perante um jogo mais equilibrado, o segundo período prometia idêntica entrega e, três minutos após o reatamento, os santa-luzienses fizeram o 2-1, golo da autoria de Nito. Inspirado pelo primeiro tento, Nito bisou no encontro um minuto depois, com um remate irrepreensível à entrada da área.

Alcançada a vantagem, os santa-luzienses, mais confortáveis, procuraram tirar partido do erro oposto. Bruno, que também bisou na partida, fez o quarto golo dos da casa. O segundo e último tento do Anha teve a assinatura de Pedro que, uma vez mais, encostou fácil perante o desamparado guardião Leandro. O 5-2 final chegou perto do término da partida numa jogada de 2×0, com Bruno a servir de bandeja o companheiro Abadesso, que facturou sem qualquer oposição.

Comentário dos treinadores

Adelino Costa, técnico do Santa Luzia contratado este defeso, considera que mais importante do que a vitória final, foi pôr em prática os vários aspectos de jogo trabalhados neste início de pré-temporada: “Foi mais um dia de trabalho e de treino para tentar perceber a assimilação dos atletas aos novos processos. Estamos perante uma equipa nova, com apenas três atletas a transitarem da época passada, e, portanto, o principal objectivo era ver se o trabalho desenvolvido durante a semana está a ser devidamente assimilado”, ressalvou.

Pese embora o resultado desnivelado, o treinador do Anha, Rui Paulo, destacou que, perante uma partida amigável, o objectivo da equipa era essencialmente focar-se nas movimentações e tarefas do sector mais recuado: “Era importante trabalharmos os aspectos defensivos e, nesse sentido, penso que realizamos um bom trabalho”, reiterou.

Pedro Borlido

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s