Hugo Agra: “Quero evoluir como jogador de Futsal”

Hugo Agra

Corria o ano de 2001. O Professor Fidalgo iniciava mais uma época de desporto escolar. No entanto, algo de diferente estava para acontecer. Esse grupo, que tinha jogadores como Laser, Carneiro e Nuno Mariano, entre outros, só parou na conquista do título nacional. Nesse grupo também estava Hugo Agra. Ainda a dar os primeiros passos no futsal, a sua contribuição foi essencial para esse feito ímpar. Hoje, nove anos volvidos, Hugo Agra deixa a cidade que o viu nascer para o futsal, em busca de um novo desafio, após ter subido do distrital à I divisão nacional de Futsal. Acarinhado por todos os amantes da modalidade, exemplo para jogadores, treinadores, dirigentes e árbitros, Viana do Castelo vê partir uma das suas principais figuras a nível desportivo.

 

Qual o sentimento de deixar o clube onde sempre jogaste?

O sentimento é de tristeza, o Nogueirense é a minha segunda casa.

Este vai ser a tua primeira experiência fora do Nogueirense. O que achas que vai ser diferente?

Tudo vai ser diferente, exceto a nível desportivo. Afirmo isto porque a experiência que adquiri ao longo destes anos – subidas/descidas de divisão – serve agora para encarar este projeto desportivo com bastante confiança e ao mesmo tempo seriedade. Foi assim que sempre me ensinaram no Nogueirense e que dou muito valor, acreditem. Venho para uma cidade diferente, com uma situação profissional diferente. Vou estar afastado do seio familiar, por muito que me custe. São etapas que queria para mim, além da vertente desportiva.

O Viseu Futsal é o desafio ideal para ti, nesta altura? O que te motivou a ir jogar para lá? Regressar à I divisão?

Sim. Além dos objetivos serem elevados a nível desportivo, espero também ter sucesso a nível profissional. São os dois fatores chave que tiveram influência na minha decisão.

Em Viseu vais continuar a jogar ao lado do Nito. Esperas reeditar com ele o bom trabalho desenvolvido no Nogueirense?

Não, o Nito é que vai jogar a meu lado (risos). Ainda bem que isso aconteceu, ajuda a nível de integração. Jogo com o Nito há oito anos, e juntamente com o restante grupo do Nogueirense, levamos o Futsal de Viana ao topo do nacional em Portugal. Foi um bom trabalho em que todos tiveram o seu mérito. Ele é um bom jogador de Futsal, independentemente do que se tem vindo a dizer, e se está numa grande equipa da II divisão Nacional é porque tem o seu mérito. Espero que tudo nos corra bem, como aconteceu na maior parte das épocas no Nogueirense.

Quais são os teus objetivos pessoais e coletivos para a nova equipa?

A nível coletivo espero atingir os objetivos que o clube pretende, a subida de divisão. A nível pessoal quero evoluir como jogador de Futsal.

Golo apontado ao Benfica

A seleção nacional é um sonho ou uma realidade a curto/médio prazo?

Sinceramente não penso nisso, tenho a perfeita noção que só jogando na I divisão isso poderia acontecer. Na II divisão é praticamente impossível alcançar uma convocatória para a seleção nacional.

Como vês a actual situação do Nogueirense?

Custa aceitar depois do que assisti ao longo destes últimos anos, mas é uma realidade que os clubes atravessam hoje em dia, que passa pela falta de apoios financeiros. O Nogueirense assentou na realidade, construiu uma equipa nova e não tem medo de ir à luta. Dou os parabéns a todos os atletas que esta época aceitaram integrar o plantel, pela coragem que tiveram, sabendo das dificuldades desportivas que vão encontrar na III divisão.

O que faz falta no Futsal de Viana do Castelo?

Entre muitas lacunas, destaco a falta de qualidade na formação dos jovens atletas. Saber o que se ensina e porque se ensina é importante. A qualidade a nível de jogadores essa sempre existiu e vai existir nos atletas de Viana, apesar de ser em pouca quantidade. Afirmo isto pela experiência que vivi no Nogueirense, a qualidade de treinos que tive enquanto jovem atleta foram muito importantes para agora jogar numa I ou II divisão.

Tens mais alguma coisa acrescentar?

Sim. Quero dar um voto de confiança ao Nogueirense para esta época que esta prestes a começar, agradecer pelos anos maravilhosos que lá vivi e a todas as pessoas que sempre me trataram bem, nunca vos vou esquecer por tudo o que fizeram por mim. FORÇA E OBRIGADO NOGUEIRENSE.

Desejo também boa sorte a todas as equipas de Futsal Vianense que participam nos campeonatos distritais e nacionais. Boa sorte! Aproveito para agradecer esta oportunidade e dar os parabéns a toda a equipa do DEV, pelo bom trabalho que tem vindo a realizar. Muitos parabéns.

Passa e corta

Nome Hugo Agra

Idade 25

Clubes Vianense e Nogueirense.

Posição Ala

Principais títulos Campeão Nacional de Juvenis no Deporto Escolar, Maio 2002 e 4.º lugar Jogos FISEC, Julho 2002 em Malta. Subida à I divisão Nacional Futsal, Abril 2007.

Ponto Alto Subida à I Divisão, Abril de 2007.

Ponto Baixo Não participação, no campeonato nacional de Futsal em Juniores, da equipa júnior do Nogueirense, à qual eu pertencia, Abril de 2005

Profissão/curso Licenciado em Engenharia Eletrónica e Redes de Computadores

José Domingos Ribeiro

2 pensamentos sobre “Hugo Agra: “Quero evoluir como jogador de Futsal”

  1. Sou amigo do Agra e acredito que seja difícil encarar um mudança tão grande, tudo é diferente quando se está fora de casa e longe da família. Este é um passo que tinha de ser dado pelo Agra e que por razões pessoais no passado decidiu não arriscar. Acredito que com a sua humildade consiga atingir os seus objectivos. Espero ver o Agra a jogar na primeira divisão. Tem qualidades para isso… Não duvidem…

    Boa sorte para esta nova etapa…

    Ab

  2. Sou novo por estas andanças de blog’s… E estive aqui a ver as entrevistas, e antes de falar sobre o Agra, felicito o José Domingos pelo bom portugues, pelo verdadeiro jornalismo, uma simples mas excelente introdução seguida por uma verdadeira entrevista!
    Sem faltar ao respeito aos outros entrevistados, este muido é, para mim, um exemplo a seguir para quem gosta de desporto. Nao o conheço a 100%, mas somos, se é que o posso dizer, “amigos de futebol”, e pelo que conheço dele sei que estamos perante um verdadeiro profissional e amante de futsal.
    Só mesmo com pura humildade e trabalho dedicado, e claro pericia, é que se fazem jogadores/pessoas assim!!!
    Concordo plenamente com o assunto “Saber o que se ensina e porque se ensina é importante”, se conseguiste o que conseguiste, é por teu merito, e não menor é de quem te ensinou.. tiveste logo desde o desporto escolar um grande treinador e amigo que te ensinou muito… um abraço pra ti tambem Fidalgo.

    Mais não digo, apenas desejo a maior sorte nas tuas aventuras, apenas continua assim que o sucesso será garantido, quer a nivel futesalistico, quer a nivel profissional/pessoal.

    Cumprimentos..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s