Segunda parte guerreira vale três pontos

O Ponte da Barca saiu do reduto do Neiva com os três pontos, mas teve de suar para os manter. A equipa de Pira foi ao pavilhão de Freixo vencer pela margem mínima (3-2). O emblema de Sandiães soube aproveitar a passividade adversária para fazer dois golos, vendendo muito cara a derrota.

Quintas e Carlos foram os obreiros dos maiores calafrios que o Ponte da Barca experimentou na casa do Neiva. Jogando à sua imagem, a equipa de Sandiães lutou, tirando partido da passividade contrária. O descanso fez bem aos visitantes, que surgiram transfigurados para melhor no segundo tempo.

Pedro Cardoso, Pedro Holstein e Rocha carimbaram o primeiro triunfo do Ponte da Barca, firmando a sua candidatura aos lugares cimeiros. Por seu lado, e apesar da derrota, o Neiva deu uma boa resposta após a eliminação na Taça AFVC.

Ficha de Jogo

Dupla de Arbitragem: José Rocha e Rui Rodrigues

Disciplina: duplo amarelo a Duarte, amarelo a Pedro Holstein, Pedro Oliveira e Pimenta

Neiva

Cinco Inicial: Aires, Mil-Homens, Duarte, P. Marques e Quintas (1)

Jogaram Ainda: Carlos (1), Filipe, P. Borges e Diogo

Treinador: Filipe

Ponte da Barca

Cinco Inicial: Aimar, Mica, Pedro Cardoso (1), Pedro Holstein (1) e Pedro Oliveira (1)

Jogaram Ainda: Saul, Pimenta, Neca, Giri e Rocha (1)

Treinador: Pira

João Santos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s