Opinião: Qual o lugar do Atletismo?

Nesta minha primeira intervenção no Desporto em Viana achei por bem esclarecer qual o meu lugar no atletismo e qual o lugar do atletismo no mundo do desporto português.

Não sou anti futebol mas não escondo que o desporto rei em Portugal absorve toda a atenção e que nós, o atletismo (porque cá estou) assim como o judo, a natação e outros muitos desportos, por mais campeões do Mundo e medalhas Olímpicas que tenhamos… o máximo que conseguimos é o canto inferior direito da capa de um jornal desportivo. Isto está mal. Mas a culpa é nossa.

O atletismo não move massas em direção aos estádios mas também não é fonte de violência nos mesmos. Para correr apenas precisamos de um par de sapatilhas e isto se não o quisermos fazer descalços. É talvez o mais puro dos desportos: Citius Altius Fortius nunca seria melhor empregue.

Existem muitas razões que poderiam colocar este desporto acima de outros e outras tantas em sentido contrário e todos os dias eu me faço a mesma pergunta: O que faz com que eu ainda ature isto? Esta injustiça nacional, esta desigualdade, esta falta de reconhecimento? Pois bem, é a sua pureza, é Amor.

Ser treinador no atletismo não é fácil. Não me refiro ao conteúdo do treino, esse – e perdoem-me os mais formados no assunto – qualquer um dá conta do recado pois está (quase) tudo inventado. Ser treinador é mais que conteúdos e conhecimento tático. Ser treinador é ser gestor de pessoas; é ser pai, irmão e amigo; é ser dirigente, motorista e zelador; É ser fisioterapeuta, médico e psicólogo; é ser estudante e professor; É ser paciente; persistente; bom comunicador e bom ouvinte; É conseguir entrar na cabeça dos atletas e compreender; Ser muito próximo mas ao mesmo tempo muito respeitado. Isto tudo não é ser treinador… não. É muito mais.

Caros colegas, isto somos nós. Agora é só substituir a palavra “atletismo” pelo nome do vosso desporto… e temos sintonia.

Atletas, treinar não é fácil e… será cada vez pior. Desistam já. Tem a Playstation ou até a Wii que já dá para fazer exercício… é mais simples, mais divertido e não cansa. A sério. Desporto é para quem não tem mais nada para fazer. DESISTAM. Isto é para quem tem garra, espírito competitivo, para quem gosta de socializar, de passear, conhecer novas pessoas e lugares, receber aplausos e parabéns, lutar por um objetivo, ter projetos. Isto fortalece o espírito (e o corpo) e vocês não querem isso, sabem porquê? Porque não é fácil.

Deixo apenas mais uma nota, quanto ao que penso ser o essencial naquilo a que poderemos chamar “atleta”. Existem muitos “praticantes” mas, no atletismo, os verdadeiros atletas são aqueles que conseguem cumprir todos os requisitos que um campeão precisa: DEDICAÇÃO, GARRA, HUMILDADE e TALENTO, e destas caraterísticas até o talento está ao alcance de todos pois das diversas modalidades do atletismo, alguma há-de servir.

Em Viana o atletismo já foi grande, perdeu força, e agora dá sinais de recuperação com os últimos anos a serem muito positivos e com margem de progressão… o que é importante.

Faltam infraestruturas. Massa humana. Clubes. E agora… temos o PEC. Mas se depender de mim e dos que me rodeiam: “We will succeed”.

Depois de tanta mistura de assuntos neste meu primeiro texto, prometo que na próxima serei mais específico… foram apenas desabafos, nada novo mas importante, e agora sim… estou pronto para começar.

Obrigado!

Joel Maltez

– Treinador de atletismo –

2 pensamentos sobre “Opinião: Qual o lugar do Atletismo?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s