Hóquei: No melhor pano cai a nódoa…

No melhor e no pior, Didi (Juventude de Viana) foi a grande figura do encontro. Foto DEV

A Juventude de Viana somou o seu primeiro ponto no Nacional de Hóquei em Patins, ao cabo de cinco jornadas, sem no entanto sair da zona vermelha da classificação. O empate (4-4) averbado na receção ao Espinho é um castigo que a turma laranja mereceu ver-lhe ser aplicado. Depois de uma primeira parte ao melhor nível, os pupilos de Pedro Neto desapareceram durante largos períodos da segunda, com Didi a estar no melhor e no pior da sua equipa.

Este era um encontro vital nas aspirações laranjas. Sofrer um golo na primeira jogada em que o adversário chega à baliza contrário seria o que a Juventude menos desejava. Rui Silva quis testar o fôlego laranja. O melhor que conseguiu foi espevitar os locais para uma primeira parte em grande. O brasileiro Didi foi o mais irreverente. Em menos de três minutos, operou uma reviravolta que mais tarde Diogo Fernandes deu um toque mais sólido. O conjunto de Pedro Neto introduziu muita velocidade e pragmatismo tal que o Espinho não encontrou fórmula de travar tal avalanche ofensiva.

No lado oposto, Sebastian foi dizendo quase sempre presente às solicitações forasteiras. A trovoada com que se iniciou o jogo criou uma atmosfera pesada, estragando o clima de festa que se viveu em Monserrate; sendo o presságio do que aconteceu na etapa complementar. O apagão energético ocorrido no final da primeira parte retirou corda ao relógio laranja, que regressou do intervalo parado. Didi ofereceu a João Pinto a hipótese de encurtar distância no minuto inicial do segundo tempo.

Assistiu-se a um período onde a Juventude tentou abanar com o marasmo em que caiu, retendo mais a bola. Neste curto espaço de tempo, não durou mais de dez minutos, o Viana criou várias oportunidades, numa delas, Diogo Fernandes bisou num golo estranho. Foi o canto do cisne laranja. João Pinto voltou a reduzir a desvantagem para um golo. Os donos da casa tremeram e os espinhenses carregaram. Sem capacidade para reter a bola, a Juventude tinha em Sebastian um herói a prazo que acabou por ser traído por Didi. O experiente jogador cometeu uma falta desnecessária, vendo o azul directo. Na conversão do livre directo, Vítor Hugo silenciou o público vianense, garantindo a divisão de pontos.

Juventude de Viana

Cinco Inicial: Sebastian Silva, Luís Filipe, André Centeno, Didi (2) e Diogo Fernandes (2)

Jogaram Ainda: Hugo Costa e Zé Pedro

Cartões azuis: Didi

Em Ponte de Lima, o Martin Montivero voltou a provocar estragos, ao dizimar o Limianos. O avançado verde e branco marcou cinco golos na vitória (2-8) dos açorianos no Municipal limiano. A equipa de Pedro Mendes ainda marcou primeiro, por Pedro Alves. Montivero, Jorge Silva e Edgar Pereira viraram o placard para 2-5 ao intervalo, com José Soares a reduzir a desvantagem perto do descanso. Maxi Oliva furou a hegemonia de Montivero na lista dos goleadores na segunda parte. Com esta derrota, o Limianos caiu para o 11º lugar, com seis pontos.

Seixas descobre caminho marítimo para a vitória

À quinta tentativa foi de vez. O Seixas conquistou o seu primeiro triunfo (4-3) na receção ao Marítimo. A turma vianense teve um encontro complicado, com Hugo Branco a estar em evidência ao marcar dois golos. Bruno Valentim e Rodrigo Pereira deram o seu contributo com um golo cada. Sétimos à entrada desta quinta ronda da II divisão, os insulares venderam cara a derrota, com Mário Brazão a marcar por três vezes. Apesar da vitória, o Seixas ainda está na zona vermelha da classificação, com quatro pontos.

João Santos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s