Editorial: Querido Pai Natal este ano eu desejava…

“A prática desportiva também ajuda a contribuir para um mundo melhor com tudo de bom que nos possa trazer: saúde, auto-estima, espírito de equipa, objectivos, entre outros atributos que com certeza, vêm juntos com o desporto. “

Gustavo Borges

O Natal ainda não chegou mas o espírito natalício começa a fazer fervilhar nas pessoas as incógnitas no que aos presentes diz respeito. A sociedade contemporânea vive ensombrada pelos inúmeros problemas que teimam em envolvê-la, nomeadamente a crise económica. Cada vez mais fazem-se contas à vida e se racionalizam os gastos, mas será que tal situação terá real impacto nesta época festiva?

Se isto parece uma incógnita, há outras componentes que rapidamente descem ao patamar do dispensável. Assim, alguns pais desincentivam os filhos da prática desportiva, até porque a associam, possível e erradamente, a fracos resultados escolares, além de alguns gastos.

Contudo, a prática de um desporto de forma regular assume particular importância quer no curto quer no longo prazo. A saúde vem em primeiro lugar na lista das potencialidades do desporto. Cada vez mais é notório o aumento galopante do número de crianças obesas. A prática regular de deporto ajuda a fazer frente a este problema bem evidente nas ruas por onde passamos. A vida sedentária, em conjugação com a ausência de exercício físico, torna-se uma bomba relógio no organismo, acelerando e potenciando o aparecimento de problemas de saúde tais como doenças coronárias, diabetes, problemas de coração, pressão arterial elevada e mesmo certas formas de cancro.

Aos pais compete não desencorajar a prática desportiva mas disciplinar os filhos para racionalizarem o tempo e abdicarem do que é dispensável. Só assim é possível trabalhar desde cedo quer para uma melhor qualidade de vida, quer para o desenvolvimento de uma série de capacidades e competências saudáveis, que ajudam, simultaneamente, a moldar os homens e mulheres do futuro.

Com o aproximar do Natal nada melhor do que dar uma prenda saudável às crianças e adolescentes. Em vez de jogos de computador e outras prendas que incentivam ao sedentarismo, deixem-nos praticar as modalidades que desejam, assim sentir-se-ão mais realizados, mais felizes e mais saudáveis.

Um sonho retraído na infância/adolescência pode vir a tornar-se um pesadelo no futuro. Então, com tanta escolha que há no cenário vianense, sejam os melhores amigos dos vossos protegidos, fazendo da adopção de um estilo de vida saudável uma corrida ritmada, iniciada desde tenra idade.

Boa semana desportiva!

Marisa Ribeiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s