Opinião: De desportivos têm pouco

Na segunda-feira, dia 13 de Dezembro de 2010, levantei-me cedo e fui até à cidade. Ainda meio ensonado sem dar grande atenção ao que se passava à minha volta “tropecei” num grupo de pessoas amontoadas na Praça da República de Viana a ler os títulos dos jornais diários afixados à entrada de um quiosque.

Acordei repentinamente e dirigi-me rapidamente para ver o que diziam os jornais desportivos acerca da grandiosa prestação da equipa portuguesa no Campeonato da Europa de Corta-mato (que decorreu em Albufeira no dia anterior) e… nada. As primeiras páginas dos jornais desportivos não deram qualquer destaque às Campeãs Europeias Jéssica Augusto e equipa feminina sénior, ou ao bronze de Dulce Félix, Youssef El Kalai ou Rui Pinto. Falam apenas da vitória do Benfica na Taça frente ao Braga… Estamos a falar de jornais desportivos generalistas. É a nossa dura realidade. Feitos destes não podem passar ao lado dos destaques da comunicação social.

Não é a primeira vez que isto acontece, lembro-me de o Rui Silva ser Bronze no Mundial de Pista e, em pleno Agosto, onde o futebol goza de merecida pausa para férias, compro o jornal e a primeira página é preenchida com a seguinte pérola: “Simão Sabrosa muda de visual” e no canto inferior direito uma frase “Rui Silva de Bronze”.

Não é o povo que não gosta de outros desportos que não futebol, o país não tem é oportunidade de conhecer os valores do atletismo (e outros desportos) português. Sinal disso é o facto de no Verão de 2008, depois do Nelson Évora se sagrar Campeão Olímpico, ter visto garotos na praia, com a bola encostada ao guarda-sol, a jogar ao Triplo-salto… é possível, só são necessárias oportunidades pois existe lugar para todos.

O Nelson, Naide ou o Rui assim como a Telma, o Duarte ou a Diana são/eram ilustres desconhecidos que estão a mudar a mentalidade e cultura desportiva de um país, e nós temos de ajudar. O desporto português é grande lá fora, só falta ser grande cá dentro.

Aproveito para dar os parabéns à selecção nacional de corta-mato 2010 que foi simplesmente brilhante. São a estrela da minha árvore de Natal.

Feliz Natal e que o melhor de 2010 seja o pior de 2011

Joel Maltez

– treinador de atletismo –

 

 

Um pensamento sobre “Opinião: De desportivos têm pouco

  1. Parabens por esta cronica, concordo inteiramente com as palavras aqui escritas.
    Desejo um Santo e Feliz Natal a toda a equipa do DEV, muitos parabens pelo trabalho que estao a desenvolver.

    Cumrpimentos,

    Hugo Agra

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s